Nas últimas décadas, as tecnologias de informação e comunicações (TIC)
assumiram um papel de destaque no interior das organizações a nível mundial, nomeadamente no que diz respeito ao peso que a despesa com estas tecnologias assumiu na atividade global.

Neste contexto, a IDC Portugal criou uma ferramenta de análise da despesa
TIC – Smart Analysis Tool – através do qual se pretende caracterizar a despesa anual com Tecnologias de Informação, assim como disponibilizar um conjunto de indicadores que possibilitem às organizações nacionais realizarem um benchmark da sua atividade.